Aliança aposta firme no desenvolvimento da cabotagem no Brasil

Com serviços regulares e um volume crescente de rotas oferecidas, Aliança lança novo portal para cotação e contratação de transportes marítimos nacionais

A cabotagem desempenha um papel crucial no desenvolvimento da multimodalidade. E esta, por sua vez, é imperativa para a competitividade do país. Alguns casos de sucesso da Aliança Navegação na operação de cabotagem mostram que o modal, aplicado à containerização de commodities que historicamente sempre foram transportadas a granel, pode ter vantagens significativas.

Um exemplo de caso bem-sucedido é uma operação totalmente gerida pela Aliança em que a empresa transporta milho proveniente do Mato Grosso, utilizando transporte rodoviário até Santarém, para alcançar o mar por Vila do Conde e chegar até Suape, cumprindo seus destinos também por via terrestre. O segundo caso é o transporte de Caulim, uma argila branca muito usada na indústria, cuja produção está localizada no Pará, o que permite a saída direta pelo porto de Vila do Conde, de onde é transportado até Itapoá, em Santa Catarina.

O Diretor Superintendente da Aliança, Julian Thomas, enfatiza que o Brasil ainda mantém 67% dos transportes nas rodovias, deixando 18% para as ferrovias e 10% para o segmento marítimo, o que faz com que o país perca em eficiência e sustentabilidade. Lembra também das dificuldades das empresas diante da burocracia crescente, enquanto a estrutura portuária vai ficando para trás em relação aos padrões mundiais.

Para a Aliança, a atividade de cabotagem já apresenta números concisos de um segmento que vem avançando e trazendo benefícios ao país. Segundo Julian Thomas, o serviço respondeu por 7,8 milhões de toneladas transportadas em 2015, atendendo 792 cidades em 24 estados do país. A contabilizar pelo volume de caminhões que deixaram de circular pelas estradas, e o impacto da viagem, evitou-se a emissão de 1,5 bilhão de toneladas de CO2 no meio ambiente.


Como diferenciais da cabotagem, Julian Thomas enumera a rastreabilidade, a otimização da cadeia logística, a segurança (e, por conseguinte, os valores de seguros), redução de custos, e algumas particularidades do serviço da própria Aliança, que hoje dispõe de uma frota novíssima e oferece o acompanhamento do transporte em todas as suas etapas. Ressalta, novamente, o viés ambiental da escolha pela cabotagem, que a empresa menciona como “o modo mais limpo de conectar distâncias”.

Durante a Feira Intermodal deste ano, a Aliança lançou um portal dedicado à Cabotagem que facilita o acesso do embarcador ao sistema e promete desmistificar a utilização do serviço. O Portal da Cabotagem (e-commerce) utiliza a plataforma do site da própria Aliança, por meio do qual o embarcador consegue realizar cotações e conferir disponibilidade. Depois de enviado e aprovado o orçamento, é possível realizar o booking e emitir de faturas, bem como rastrear as cargas e checar a posição dos navios. “Com o e-commerce, automatizamos o acesso às informações da cabotagem, permitindo aos clientes mais agilidade e monitoramento do que está acontecendo com suas respectivas cargas”, disse Marcus Voloch, gerente de Mercosul e Cabotagem da Aliança Navegação e Logística.

“A nossa ideia é justamente mostrar como o serviço de cabotagem é simples e oferece uma série de vantagens, como integridade da carga e baixo índice de avarias, redução significativa de custos em relação ao modal rodoviário, além de permitir mais competitividade para algumas empresas que sequer imaginavam levar seus produtos a localidades distantes e com preço competitivo”, explica Marcus Voloch.

Atualmente, a Aliança disponibiliza 11 navios para a cabotagem, alocados em quatro anéis, com escalas semanais em dias fixos, nos principais portos da Costa Leste da América do Sul.

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Guia Marítimo. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  • G
    denuncie

    Gilberto

    28/12/2016 12:19

    Preciso saber preço de cabotagem de Paranaguá a Recife e fortaleza

  • K
    denuncie

    Kamila

    05/01/2017 14:08

    Olá Gilberto, essa informação você pode encontrar acessando nosso Guia de Serviços, em Transportadores Marítimos de Cabotagem. As empresas que prestam este serviço estarão listadas lá.

    Obrigada.