Lufthansa dá andamento a acordo de parceria com Iran Air

De olho no mercado iraniano para abrir as portas para o Oriente Médio, a empresa alemã deverá assessorar a Iran Air na reinserção no mercado

2016_03_16_Lufthansa_IranAir













O assessor de comunicação da Lufthansa, Boris Ogursky, confirmou que a empresa assinou com a Iran Air um acordo de entendimento (MOU, ou memorandum of understanding) segundo o qual devem aumentar o grau de cooperação entre as duas companhias para a exploração de “mais negócios e oportunidades de parceria”.
De acordo com nota da empresa iraniana, o Grupo Lufthansa deve prestar assessoria em diversas áreas, incluindo a reestruturação corporativa, sistemas de TI e outros departamentos, no entanto Ogursky afirma que os detalhes fazem parte de um acordo de confidencialidade e, portanto, não deverão ser divulgados neste momento. E completou: “Vimos seguindo à risca os avanços políticos relacionados à suspensão das sanções ao Irã, especialmente no que diz respeito às decisões que envolvem a União Europeia, os Estados Unidos e o Canadá, dispostos a remover as barreiras ao comércio com o Irã. O Grupo Lufthansa está avaliando os efeitos de tais suspensões em nossa área de atuação”.
O Irã acaba de assinar acordos para a aquisição de aeronaves Airbus e ATR, uma vez que não vinha renovando a frota por conta das sanções e mantinha aviões antigos que chegaram a causar acidentes nos últimos anos, de acordo com a publicação especializada em aviação Air Transportation World.
Mesmo no período em que as conexões entre o Irã e os Estados Unidos não eram permitidas, a Lufthansa sempre manteve rotas para o país, operando um voo diário de Frankfurt a Teerã, além de outro com frequência de três viagens por semana partindo de Munique, também para Teerã. “O nosso objetivo é expandir as ofertas para o Oriente Médio”, confirmou Ogursky, declarando que a empresa segue uma política de manter o interesse em novas oportunidades.
Leia mais sobre a suspensão às sanções contra o Irã no Guia Marítmo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Guia Marítimo. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.