TCP viabiliza novo serviço para Costa Leste dos Estados Unidos

Em parceria com a MSC, serviço passa a operar em abril; estimativa é de que a movimentação ultrapasse os 2 mil contêineres/mês

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, passa a oferecer, a partir de abril, um novo serviço direto com origem e destino para a Costa Leste dos Estados Unidos. O serviço é fruto de uma parceria com a MSC (Mediterranean Shipping Company) e contará com escalas semanais regulares, reforçando a posição estratégica do Terminal como o que oferece o maior número de linhas marítimas semanais – agora totalizando 16.

O primeiro navio do novo serviço a atracar em Paranaguá será o MSC Carolina, que está previsto para chegar ao Terminal no dia 8 de abril. A estimativa é de que sejam movimentados mais de 600 contêineres por semana, ultrapassando os 2 mil contêineres/mês. A nova rota irá atender principalmente a exportação de madeira, cerâmica, celulose, café e açúcar.

De acordo com Thomas Lima, vice-diretor Comercial da TCP, o novo serviço atenderá um mercado que movimenta aproximadamente 170 mil contêineres por ano na região de influência, que inclui os estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina. “Para o cliente da TCP, a principal vantagem é a possibilidade de enviar as cargas diretamente para região da Costa Leste dos Estados Unidos, sem a necessidade de realizar o transbordo em outros portos. Isso gera economia com custos logísticos e garante maior segurança e rapidez para as cargas transportadas”, explica.

Outra vantagem, segundo Lima, é que os exportadores e importadores da região poderão contar com as soluções logísticas integradas oferecidas pela TCP Log, que incluem além de bases intermodais e vários serviços avulsos, conexões ferroviárias em parceria com a Brado e um desenho exclusivo que conecta todos os terminais do interior (Cambé, Ponta Grossa e Cascavel) diretamente com a TCP em Paranaguá – nenhum outro terminal do Brasil é capaz de oferecer este desenho. “Com a integração intermodal e o acesso à ferrovia sem a necessidade de terminais intermediários em nossa retroárea – por exemplo como ocorre em outros Terminais Portuários, é possível oferecer soluções únicas e personalizadas aos clientes, com lead times precisos, baixos custos, alta confiabilidade e eficiência singular”, finaliza.

ROTA

O novo serviço para a Costa Leste dos Estados Unidos inclui a rotação dos seguintes portos: Buenos Aires - Montevidéu - Rio Grande - Navegantes - Paranaguá - Santos - Rio de Janeiro - Salvador - Suape - Cristobal - Filadélfia - Nova Iorque - Norfolk - Baltimore - Charleston - Savannah - Caucedo – Santos.    

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Guia Marítimo. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.